Requisitos de um Homão da Porra

Depois de uma breve conversa com meu atual interesse amoroso, soltei a seguinte frase “você preenche 3 requisitos de um homão da porra” e eis que depois disso veio a pergunta “quantos são?”

Nunca tinha parado pra fazer realmente uma lista, mas dai me surgiu a inspiração e fiz baseado no meu gosto pessoal:

  1. Ser engraçado;
  2. Saber conversar, se interessar;
  3. Beijar bem;
  4. Ser carinhoso;
  5. Tocar algum instrumento (baixistas podem entrar!);
  6. Ser inteligente;
  7. Estudar;
  8. Saber cozinhar (o bastante pra sobreviver);
  9. Fazer estrogonofe;
  10. Ter uma voz bonita;
  11. Ser maduro;
  12. Ter um bom gosto musical (ou gosto musical compatível);
  13. Saber dirigir;

Por enquanto é isso, só queria deixar marcadinho mesmo. E o “fazer estrogonofe” é uma piada interna hahah.

Bjão

Anúncios

Homem urbano conceitual: as definições para seus infinitos tipos

tumblr_nu9zov54jm1sl85lio1_500

 

Acho que muitos homens já se perguntaram se existiria algo assim para mulheres, mas… Existe algum manual de como lidar com homens?

Conheci um total de 50 num curto espaço de tempo, e não, não dormi com nenhum e nem todos foram da vida real.

Grande parte dos indivíduos com quem tive contato nos últimos 12 meses são uma total incógnita e mistério pra mim. Entendo apenas 20, razoavelmente, e mesmo assim não tenho total domínio da complexidade masculina.

Que envolve, simplesmente (olha que irônico): sexo, cerveja, futebol, o próprio pau, jogos online e mulheres.

Isso a grosso modo, me desculpem por definir vocês assim.

Separo vocês pelos seguintes grupos:

Nerds Amorzinhos: aquele tipo de nerd que dá vontade de embalar e levar pra casa, ele não vai te falar sobre a escalação do próximo jogo de algum time, mas vai te introduzir a um jogo ou a qualquer coisa legal do mundo dele.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , ,

musiquinhas: metalz

daeeeeeee, gente!

hoje resolvi trazer meus metalzinhos favoritos que me acompanharam durante aquele período da adolescência onde:

  1. você quer ser diferentona.
  2. quer que saibam que você tem um gosto musical bom, porque afinal você se importa com isso.
  3. acha que funk é lixo.
  4. emo (sim, só emo já explica tudo).
  5. também conhecida como fase “quero ser rockeira”.

 

bora lá então, negada.

essa música NÃO PODE FALTAR, sério, uma das minhas bandas favoritas até hoje (e um dos meus clipes favoritos também).

CLÁSSICO. SEM MAIS.

 

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa³

e bom, é isso.

creio que essas são as músicas mais legais quando se começa a escutar heavy metal (metal no geral, na vdd).

enfim, bjão!

Etiquetado , , , , , , , ,

musiquinhas: br na veia

Oizinho, como nunca compartilho muito das preciosas músicas br que escuto, deixarei aqui, toda semana, três músicas de bandas desconhecidas (para a maioria das pessoas).

Continuar lendo

Etiquetado , , , , ,

Caralho a quatro

original

 

No universo utópico das nudes, as tão famosas rolas vulgarmente conhecidas como pirocas, quais eu tenho certa predisposição a chamar de pau (enfim, com seus tantos nomes) são sempre do tamanho qual nos agrada, cor saudável e cabeça proporcional.
Num universo utópico, friso bem.
Na realidade a quantidade de variações desse órgão genital tão querido por uma variedade de gêneros é alvo de preocupação. Sempre tem aquela pergunta após uma nude “E ai, gostou?”. A insegurança é quase palpável, principalmente na adolescência.

Aquela velha ideia de que tamanho é documento.
Tamanho não é documento não, se é que posso tranquilizar as rolas aflitas.
Mas uma pergunta que me ‘tira o sono’ é “Tu gosta do meu pau?”.
Após quase 2 anos de nudes e 3 anos de Ensino Médio, é algo que não tenho muita certeza ao opinar.

O que é gostar de um pinto?
O que é achar um pinto bonito?

Há padrões estéticos realmente válidos para um pau?
Eu mal sei elogiar futilmente como “que pau gostoso” ou coisas do gênero. Parece forçado, porém não há um adjetivo que caiba ali na questão.
O x não fecha.
É um pouco constrangedor, admito, quando não é realmente sincero (ou quando você não faz ideia do que está fazendo).

Se você nunca enviou nudes ou viu uma variedade grande de pornôs homemade, acho difícil se habituar com a quantidade de caralhos com uma aparência meio nhé.

Quero aqui frisar que não há pau feio que o amor não supere.

  • Porém, existem os visualmente preferidos, e são os tipos “ator pornô”: forte, poderosíssimo, bom de bola, proporcional e com comprimento dentro dos padrões FIFA.
  • Há ainda os quase preferidos (ou somente preferidos) da galera, os “normais”: cores sobrepostas, tamanho de 12 à 20 cm, rosa e marrom misturado ou apenas de uma cor, pele demais ou de menos e cabeça que acompanha toda a estética do piupiu deixando-o fodível.
    Talvez seja o mais comum.
    Talvez.
  • E por fim, os paus “se não houver amor, nunca ira entrar nesse túnel”: a aparência é meio seca, a cor é fosca(?) ou simplesmente a cabeça é gigante e o cabinho é meio a meio (entre grosso e fino). Não há meios de dizer que é uma rola feia, mas não é uma rola esteticamente aceitável nos padrões sociais dos órgãos genitais.

No final, o que realmente importa além da cabeça de baixo é a de cima. Qual a graça de foder com alguém mentalmente “ué”?
Tirando o sexo casual, claro, que leva no ‘foda-se’ isso de cabeça de cima. Não queremos saber suas ideias, queremos trepar!

Ai já se encaixa o tipo “pau daora, mas fode mal” e o “pau pequeno, mas chupa bem”, qual por falta de exemplos, não poderei citar com tanta vivacidade quanto os demais.

E por último, há a existência do tão famoso “meu pau de óculos”, qual podemos ilustrar bem com essa galeria aqui (link).

O importante é sempre respeitar a mãe natureza e a variedade de pirocas que foram  dadas aos mortais, no fim, tudo acaba em pizza mesmo.

Todos tem seu valor ereto, ao se rebaixarem já não posso dizer o mesmo…

Até agora não acredito que estou divagando sobre pênis, mas por isso é hoje.
Beijo na bunda.

Etiquetado , , , , , , ,

Uma música, um signo: The Maine

Oi! Estava distraída quando pensei: “por que não postar sobre signos?”. Fiz essa lista pensando nas definições de cada signo e na personalidade de cada pessoa. Essa é uma oportunidade de mostrar sobre minha banda favorita também. Espero que gostem!

Áries

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Gatos que te definem no fim de semana…

 

Então, finalmente, chega o fim da sexta-feira… Depois daquela balada ou da semana difícil, é fácil te encontrar assim:

enhanced-buzz-8991-1394560991-44

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , ,

Tatuagens que eu não faria…

Nem se me pagassem.

(Não estou te julgando se você tem alguma dessas, só não faria, só para deixar claro)

Vamos começar?

 

large1. Âncora:

Ela é de certa forma bonita, mas do mesmo jeito, acho que de tanto ver alguma tatuagem dessa eu acabei enjoando um pouco.

O significado pode ser lindo e tals, não estou desmerecendo ou coisa parecida, mas… TODO MUNDO TEM. É uma moda bemmm antiga no mundo das tatuagens, mas não é pra mim.

Isso faz ela ficar em primeiro lugar. Realmente não faria.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , ,

Natividade por Fase Lunar

tumblr_nh9r5xAoy61sulnzno1_500

LUA NOVA: Dá capacidade de realização, ingenuidade, íntima identificação com a mãe e outras mulheres, dificuldade em estabelecer uma linha divisória entre ela e as outras mulheres. “É muita força num pequeno pedaço de céu”. Vê os outros como reflexos de si próprio.

LUA CRESCENTE: Pessoas dinâmicas, que olham à frente. Dá juventude e vitalidade. Lua comum em líderes, ambição. Lado negativo é o apego excessivo ao passado.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , ,